Cristaos

PERSEGUIDOS

~

Jesus nos preveniu de que a perseguição é inevitável. Não podemos ficar parados sem ação, precisamos agir em favor dos nossos irmãos, pois milhares são perseguidos a cada ano. 

Segundo a organização Portas Abertas, perseguição é qualquer hostilidade experimentada como resultado da identificação de uma pessoa com Cristo. Ela acontece quando o fator religioso é a causa principal da perseguição e trata-se da negação da liberdade religiosa ou quando a crença causa desvantagens na vida em sociedade. Cerca de 220.000 cristãos, segundo dados do historiador David B. Barret publicados na Enciclopédia Cristã Mundial, são martirizados todos os anos no mundo vítimas de perseguição e mais de 215 milhões de praticantes do Evangelho, em suas diferentes denominações, enfrentam algum tipo de oposição à prática de sua fé na Ásia, no Oriente Médio e no Norte da África, de acordo com a Missão Portas Abertas.

Quando usamos o termo “Igreja Perseguida” ou “Igreja Sofredora”, estamos nos referindo aos cristãos perseguidos por sua fé, ou seja, aquela parte da Igreja que está sofrendo por causa de Jesus. Tal perseguição se manifesta de vários tipos, desde intensamente hostis até levemente hostis. As intensamente hostis podem incluir surras, torturas, prisões, isolamento ou morte. Enquanto, as levemente hostis, seriam de natureza psicológica e social, incluindo ridicularização, restrições públicas, provocações e discriminação. 

A igreja que sofre é composta por missionários, pastores e membros locais que são mortos ou acusados de terrorismo simplesmente por viverem o evangelho e pregarem a mensagem de paz em zonas de conflito entre traficantes e milícias ou em países com governos autoritários e comunidades e aldeias intolerantes. Nela encontramos pessoas como nós, famílias como as nossas, pessoas que são amadas e queridas como os irmãos da nossa igreja local. Mas, em meio a esse quadro de medo, perseguições e mortes, é que percebemos o quanto a fé, de cada um desses nossos irmãos e irmãs, se torna mais forte e, o caráter de Cristo neles, um exemplo para nós de como o Senhor deve ser honrado e servido.

A igreja perseguida e a igreja livre não são dois organismos distintos e divididos, mas são um só corpo. A igreja perseguida precisa da igreja livre para apoiá-la e, sobre tudo, para sustentá-la em oração. Nossos irmãos, muitas vezes, se sentem isolados e sozinhos, porém, as nossas ações levam até eles o incentivo que eles precisam para continuarem perseverantes!

 

Somos um. Há somente um Corpo de Cristo no mundo, uma comunidade de cristãos, não importa a distância geográfica e cultural. Fazer parte deste corpo, ou seja, dessa grande comunidade de fé, significa estender a mão, conhecer, orar, socorrer e aprender com a fé de modo mútuo.

Por isso, desafiamos você a agir em favor dos nossos irmãos e também a servi-los com toda a sua fé, esperança e amor.

CONHEÇA

Missões
Transculturais
Justiça e
Misericórdia
Igreja

Siga-nos nas

redes sociais

Missões, povos não alcançados, cristãos perseguidos,

como agir, a glória de Deus e muito mais.

A C E S S E

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Servimos você

na missão de Deus

DESPERTAR          MOBILIZAR         GLORIFICAR

Contato

A plataforma AGIR foi fundada em 2015 por Kim Arés Stedten Ferreira - formado em comunicação social e estudante de missiologia